Mini off-road em Ilhabela

Além de praias belíssimas e trilhas super bacanas pela Mata Atlântica, o mini off-road por Ilhabela, em São Paulo, é um dos melhores passeios para se fazer.

O trajeto é até a paradisíaca praia dos Castelhanos e uma caminhada até a Cachoeira do Gato. Uma das mais belas quedas d´aguas que já vimos. Na ilha há diversas agências que oferecem o passeio e a sua maioria busca os turistas nos hotéis e pousadas. Conosco não foi diferente. Pela manhã, por volta das 10h, o jeep já estava na porta da nossa pousada, a Isola Bella.

Estávamos em quatro pessoas e aproveitamos para sentar nos melhores lugares do carro, já que fomos os primeiros a serem pegos. Porém, o nosso guia deu uma dica valiosa de irmos na parte traseira, pois na volta há um rodízio. Como o trajeto até a praia dos Castelhanos demora em torno de 1h30min, ninguém queria voltar apertado, morto de cansaço depois de andar para lá e para cá.

01
Completamente espremidos dentro do jeep…

Depois de pegarmos mais dois casais, entramos no Parque Estadual de Ilhabela que é uma área de preservação declarada pela UNESCO. A estrada é de terra, um tanto esburacada e com alguns obstáculos: valas, riachos etc. Durante o trajeto paramos uma vez para apreciarmos uma queda d´agua bem charmozinha e para esticarmos um pouco as pernas.

O interessante é que a maioria das agências sai e retorna no mesmo horário. Parece um comboio…como o caminho é bem sinuoso e uma buraqueira só, o risco de algum carro quebrar ou atolar é grande. Assim, um ajuda o outro e ninguém perde o passeio.

Muito sacolejo e alguns mosquitos depois, chegamos finalmente à paradisíaca Praia dos Castelhanos com cerca de 1.500 metros de extensão, águas cristalinas e rodeada de mata atlântica. Antes de aproveitarmos o mar, encaramos a trilha de 4km até a Cachoeira do Gato que tem início no canto do ribeirão da praia. (Esse passeio é opcional, ou seja, se não for muito adepto à trilhas, pode ficar só na praia. Mas, o preço é um só: praia + a cachoeira). Não vou te enganar. A trilha é um pouco puxada… nível médio, mas dá para encarar. Afinal, não sou atleta e consegui chegar bem lá em cima depois de 1h30min de caminhada. Só posso dizer uma coisa: valeu muuuuuuito a pena.

Essa foi uma das mais belas cachoeiras que vi até agora. Uma queda d´agua espetacular com 40 metros de altura e uma piscina natural que dá para nadar tranquilamente nas suas águas cristalinas. E o melhor: nem sinal dos mosquitos! 🙂 Ficamos lá em torno de 1 hora e depois iniciamos o caminho de volta.

Ao retornar à praia, aproveitamos para nos jogarmos no mar. Sim, é uma praia de ondas, mas há um grande banco de areia e dá para nadar por um bom tempo sem se preocupar. E acredite, muito melhor do que ficar na areia sofrendo o ataque dos mosquitos. Esse é um ponto negativo do passeio e também de toda a Ilha Bela. Os mosquitos não de dão um minuto só de sossego. Não dá para esquecer o repelente. Senão, já era. Picadas e mais picadas. Sem falar nas placas vermelhas que vêm depois…rsrs

08

07

Ao final do dia, por volta das 17h, embarcamos novamente no nosso jeep. Dessa vez na parte da frente. Todos super contentes de não irem apertados na parte de trás até que…o caro quebra. Sim, e não houve santo ou reza que consertasse. Para melhorar a mosquitada fez a festa!!! :0

O jeito foi nos separarmos e embarcarmos nos carros vizinhos que estavam retornando cada um para o seu destino. Lembra que falei no início do comboio de carros? Sim, foi super útil. Eu e Higor embarcamos na carroceria de uma caminhonete e minha irmã e nossa amiga foram em outro jeep. Sacolejamos e pulamos tanto que o meu tênis caiu, ou melhor, voou, mais de uma vez na estrada.rsrsrs

Quando finalmente chegamos ao centro de Ilhabela nos demos conta que nossa pousada ficava do outro lado da ilha. O jeito foi pegar um ônibus para retornarmos, exaustos, para nosso hotel.

09

E as meninas? Ahhh o segundo carro que elas pegaram quebrou também!! (Eu falei que a estrada não era fácil…) Mas, no final deu tudo certo. Todos chegaram bem e cheios de histórias para contar.

Mesmo com todo o perrengue e mosquitos, faríamos tudo de novo. Afinal, nada paga a oportunidade de ver aquelas belezuras.

O que levar?

  • Água
  • Boné
  • Repelente (Diríamos que esse é o item mais importante)
  • Protetor solar
  • Snacks
  • Roupas leves para encarar o trajeto no jeep e depois na trilha
  • Tênis
  • Roupa de banho

Algumas agências que fazem o passeio

http://www.castelhanostur.com.br/

http://www.sallettour.com.br/

http://www.ilhabelajeeptour.com/

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s