O que fazer em Nova York em 06 dias – Roteiro Completo

Confessamos que não tínhamos perspectivas de visitar Nova York tão cedo, mas quando vimos o bug de passagens da Copa Airlines no valor de R$ 755,00, pensamos: a hora é agora! O resultado: porque não fomos antes? Apaixonamos-nos tanto pela cidade que queremos voltar mais e mais vezes. Nova York é pulsante, que sempre tem algo novo para fazer e ver, e com certeza é linda em qualquer época do ano.

Fomos em dezembro justamente na semana do Natal. Logo, a cidade estava bem cheia, mas nada que um pouco de organização dessem jeito. Vamos contar a partir de agora, então, como foi a nossa passagem pela cidade e dicas de passeios legais do que fazer em Nova York em 06 dias.

QUANDO IR

Tudo vai depender do seu gosto: frio? Calor? Temperatura amena? Como fomos em dezembro, pegamos o inverno e temperaturas bem baixas, variando de -1º a 11º. Só não pegamos, infelizmente, a tão famosa neve. Mas, com roupas adequadas foi possível aguentar a friaca.

Para os amantes do frio (frio mesmo! Aquele com possibilidade de neve) o ideal é ir entre dezembro e fevereiro, lembrando que as temperaturas variam de abaixo de zero até por volta dos 5º. Já nos meses de março, abril e novembro, o frio é mais ameno, ficando entre 3º aos 11ºC.

Já se você prefere o calor, os melhores meses para ir é entre junho e agosto, nos quais as temperaturas podem chegar a 30ºC.

Agora se você não é de extremos, o ideal é ir em maio, setembro ou outubro.

Confira aqui 10 dicas para sua primeira viagem a NY.

ONDE FICAR

Nova York possui uma variedade enorme de opções de hospedagens que vão de hotéis, hosteis a casas de aluguel. Para escolher a melhor região para se hospedar, é preciso que você tenha em mente alguns dos pontos turísticos que quer visitar. Dessa forma, será possível montar uma estratégia, na qual o hotel fique próximo a uma estação de metrô, por exemplo, ou até que você consiga, a partir dele, conhecer os principais pontos turísticos a pé, sem ter que se descolocar muito.

Fique atento: em NY é proibido alugar um apartamento inteiro por menos de 30 dias. Para evitar dor de cabeça, opte por alugar um quarto.

Nós optamos por ficar em Midtown Manhattan no Hotel 31, localizado pertinho do Empire State Building, justamente por conta do deslocamento para os pontos turísticos e poder fazer quase tudo a pé ou de metrô. Mas, ao mesmo tempo por ser um pouco afastado do burburinho da Times Square, ou seja, uma combinação perfeita de tranquilidade e facilidade.

Contudo, há outras regiões para se hospedar, como no Brooklyn e no Queens, que mesmo um pouco mais afastadas do centro, possuem atrações turísticas bem bacanudas, acesso ao transporte e bons restaurantes.

COMO IR DO AEROPORTO DE NY AO CENTRO

Há diversas opções para sair do aeroporto internacional John F. Kennedy (aeroporto de onde chegam a maioria dos voos internacionais e no qual você provavelmente desembarcará), como táxis, shutlle, ônibus e o Airtrain.

A melhor opção para ir até o centro de NY é sem dúvida o Airtrain – um trem que circula entre os terminais do JFK e como está interligado a linha ferroviária LIRR (Long Island Rail Road), te leva há diversas partes da cidade. O valor atual da passagem é US$ 6,00 e pode ser comprado nas máquinas de autoatendimento na própria plataforma do Airtrain.

Agora se você estiver com crianças pequenas ou muitas malas, o melhor é pegar um shuttle (transporte mais barato que o táxi). Não esqueça que assim que saltar o Airtrain terá que pegar o metrô e nas estações as escadarias podem atrapalhar o deslocamento.

COMO SE DESCOLOCAR EM NY

Claro que sempre há opção de você pegar um daqueles clássicos táxis amarelos ou até mesmo Uber, mas provavelmente você perderá minutos preciosos no engarrafamento sem falar que essas opções de transporte são as mais caras. Lembre-se: você está pagando em dólar!

A melhor escolha é sempre o metrô. Além de ser o meio mais econômico, ele também abrange toda a cidade e dá acesso aos principais pontos turísticos, como Museu de História Natural, 5º Avenida, Brooklyn Bridge, Times Square etc.

Estação de Metro de NY

Atualmente a tarifa de 01 passagem (single ride) custa US$ 2,75. Como a maioria dos turistas ficam na cidade no mínimo uma semana, sai mais em conta comprar o MetroCard de 7 dias ilimitados no valor de US$ 32,00 + US$ 1,00 do cartão.

ROTEIRO DE 06 DIAS EM NOVA YORK – PASSO A PASSO

1º Dia

Há tantas opções de lazer que é fácil ficar em dúvida sobre o que fazer em Nova York. Principalmente em dezembro, durante o Natal, que foi o nosso caso. Então, para aproveitarmos os principais pontos turísticos e também as atrações natalinas da cidade, resolvemos começar o nosso primeiro dia visitando a famosa feira de Natal do Columbus Circle que é uma das mais tradicionais e maiores. A feira fica localizada na parte sudoeste do Central Park, fácil de chegar de metrô e uma verdadeira perdição! São inúmeras barraquinhas de decoração, roupas, acessórios e, claro, de comidinhas típicas dessa época do ano, como gingerbread, o mulledwine, uma espécie de quentão, waffles, entre outras.

Barraquinhas de decoração da Feira de Natal do Columbus Circle

Fique atento: em NY é proibido alugar um apartamento inteiro por menos de 30 dias. Para evitar dor de cabeça, opte por alugar um quarto.

Ingresso: Gratuito

Endereço: Esquina da West 59th St.com a Broadway

De lá partimos para a Broadway e fomos assistir ao musical Alladdin. Os shows da Broadway são tudo aquilo que comentam: grandiosos, encantadores e que vale cada dólar suado gasto!rsrsrs

Como dezembro, principalmente perto das festas de final de ano, é alta temporada, preferimos reservar os nossos bilhetes pelo Weplann para não corrermos o risco de ficarmos sem os ingressos devido à alta procura na hora ou até mesmo pagar preços exorbitantes.

Ingressos do musical Alladdin, na Broadway

Depois do espetáculo, como estávamos no “fervo” da cidade, pertinho da famosa Times Square, fomos bater perna por lá. A rua com seus letreiros luminosos são um espetáculo à parte. É difícil fixar o olhar em um só lugar. Descendo a Times Square conhecemos as lojas da Disney, M&M World, GAP, LEVI´S etc.

Um pedacinho da Times Square

Ingresso: Gratuito

Endereço: Times Square, Manhattan, New York City

De lá fomos andando até o Rockefeller Center para vermos a pista de patinação no gelo e também a icônica árvore de Natal. Em outras épocas do ano é possível caminhar pelos jardins do Rockeffeler para ver as flores, como tulipas e salgueiro-chorão, e também as estátuas de Prometheus e Atlas.

Árvore de Natal do Rockfeller Center

Ingresso: Gratuito

Endereço: 45 Rockefeller Plaza

Ao final do dia jantamos no Five Guys, uma hamburgueria com decoração simples, atendimento rápido e menu enxuto. Mas, nem por isso, menos saboroso. O melhor é que os toppings (maionese, ketchup, picles etc) podem ser incluídos à vontade sem falar nos famosos amendoins torrados servidos de graça como aperitivos enquanto os clientes aguardam seus lanches. 

Hambúrgueres deliciosos do Five Guys

2º Dia

No segundo dia acordamos cedo e fomos à Catedral de St. Patrick´s e participamos da missa de Natal. De fora a igreja é simplesmente maravilhosa com sua arquitetura gótica e rica em detalhes. Já na parte de dentro ela mostra a sua faceta monumental com suas grandes naves e colunas. A missa de Natal foi emocionante com pessoas de todas as nacionalidades, coral e órgão. Durante todo o ano é possível visita-la e participar das missas.

Confira aqui os horários das missas da Catedral de St. Patrick´s.

Igreja de St Patrick´s
Interior da St. Patrick´s

Horários: Todos os dias das 6h30min às 20h45min  

Ingressos: Grátis

Endereço: 5th Ave, New York, NY 10022

De lá fomos visitar o observatório Top Of The Rock. Como já comentamos, fomos numa época do ano que a cidade estava bem cheia e claro em pontos turísticos como o Top Of The Rock enfrentar filas enormes era inevitável. Só conseguimos “pular” boa parte da fila por estávamos com tickets do observatório comprados no New York CityPASS.

O observatório possui uma das vistas mais lindas da cidade. Para ter ideia, e lá dá para ver o Central Park, o Empire State e boa parte de Manhattan.

Horários: Todos os dias de 8h à meia noite. O último elevador sobre às 23h.

Ingressos:

US$ 41,37 (adultos)

US$ 34,84 (crianças de 06 a 12 anos)

US$ 39,20 (mais de 62 anos)

Endereço: 30 Rockefeller Plaza,Nova York, NY 10112

Vista incrível do alto do Top Of The Rock

Depois foi a hora de conhecer a maravilhosa arquitetura da Grand Central Station, a mais famosa estação da cidade e outro ponto turístico que não podia ficar de fora do que fazer em Nova York. Além de passearmos pelas lojas e pelo centro gastronômico, ficamos um bom tempo admirando o vai e vem de passageiros e turistas, e também o teto, no qual estão pintadas as constelações.

Grand Central Station

Ingresso: Gratuito

Endereço: 89 E 42nd St, Nova York

Para terminar a noite, fomos a mais uma feira de Natal para comermos outros pratos e bebidas típicas de Natal, como o super chocolate quente com marshmallow, strudel, sopas etc. Dessa vez no Battery Park. A feirinha também é super charmosa e a árvore de Natal, a pista de patinação e as músicas natalinas nos alto falantes dá ao local um clima todo especial.

Pista de Patinação do Battery Park

Ingresso: Gratuito

Endereço: Battery Park, Manhattan, New York City

3º Dia

Começamos o dia de uma maneira diferente. Pegamos um bondinho, chamado Tramway, e fomos até Roosevelt Island. A vista do trajeto de bonde já é um passeio que vale à pena. Ver a cidade do alto, passar por cima das pontes e do rio…enfim, um cenário de filme! (veja as fotos abaixo). Chegando à ilha, caminhamos pela orla, admirando a natureza local, o movimento do lado de Manhattan.

SEGURA A DICA: É possível utilizar o Metrocard de 7 dias para andar no bondinho.

A charmosa Roosevelt Island

Horário:

Domingo a Quinta – 6h às 2h

Sexta e Sábado – 6h às 3h30min

Obs: no horário de rush de segunda à sexta, o bondinho funciona das 7h às 10h e das 3h às 8h

Endereço: Roosevelt Island, New York

Na volta, ao descermos do bondinho, paramos na Magnolia Bakery para tomarmos um chocolate quente e claro provar um dos cupcakes.

Cupcake da Magnolia Bakery

Endereço: E49 thSt com a 6th Ave

Já com o estômago forrado partimos para o Museu de História Natural, considerados um dos maiores do mundo. Afinal, são 50 salas e cinco andares. Lá passamos por salas da era pré-história e, claro, fomos também para o Fóssil Halls para ver de pertinho os esqueletos gigantescos dos dinossauros. O museu é fantástico e é impressionante o quanto se aprende nele. É tanta informação, tantas salas que dá para passar tranquilamente um dia inteiro passeando por ele.

Fachada do Museu de História Natural

Horário: Todos os dias das 10h às 17h45min

Ingresso:

Ingresso que dá acesso a todas as salas do museu – US$ 23,00 (obs: Lembrando que o Museu também está incluso nas atrações de que compra o New York CityPass).

Ingresso para o acesso do museu e um filme em tela gigante ou planetário Space Show – US$ 28,00

Ingresso completo (museu, atrações extras) – US$ 33,00

Endereço: Central Park West at 79th Street

Saímos do Museu e fomos ao Central Park. Admiramos as árvores secas, as folhas amarelas que cobriam todo o chão, os milhares de esquilos…Enfim, o parque é gigante e super vale a pena caminhar por lá e perder horas vendo a natureza e o vai e vem de turistas e nova iorquinos. Como ainda tínhamos muita coisa para ver e fazer, infelizmente, só conhecemos parte do Central Park (bem pequena por sinal!rs) e o travessamos até o MET (Metropolitan Museum Of Art).

Central Park

Ingresso: Grátis

Endereço: Central Park, Manhattan, New York City

No MET, um dos museus mais bonitos e famosos (nele é realizado o Baile da Vogue), há obras de diversos continentes e décadas. Nós passeamos por suas salas com materiais e histórias sobre o Oriente, Grécia e Roma. Esse museu também é gigantesco e é preciso de vários dias para conhecê-lo por inteiro.

Fachada do MET

Ingresso:

Adultos – US$ 25,00

Idosos – US$ 17,00

Estudantes – US$ 12 dólaras

Crianças – Grátis

Obs: esse museu também está incluso no New York CityPASS

Horários:

Domingo à quinta – 10h às 17h30min

Sexta e Sábado – 10h às 21h

Endereço: 1000, Fifth Avenue

Terminamos a noite assistindo um jogo de basquete entre o Brooklyn Nets e o Charlotte Hornest, no Barclays Center. O clima, o hino nacional, a torcida e a partida disputadíssima! Tudo foi um máximo. Esse é um dinheiro bem gasto e quando você estiver em Nova York não pode deixar de fora do roteiro.

Jogo da NBA: dinheiro bem investido

4º Dia

Tomamos café no Lenwich (uma lanchonete local que tem em vários pontos com comidinhas e lanches super saborosos e em conta). Depois pegamos metrô rumo a Brooklyn Bridge. Atravessamos a ponte, que diga de passagem já é um passeio maravilho. A vista para o skyline de Manhattan é incrível!

Brooklyn Bridge

Ingresso: Gratuito

Endereço: Brooklyn Bridge, New York, NY 10038

Ao chegarmos no final da travessia, passeamos pelo DUMBO (Down Under Manhattan Bridge Overpass) que é um bairro que foi revitalizado e hoje possui inúmeros restaurantes e galerias de arte. Lá também está a famosa Manhattan Bridge que é emoldurada por dois prédios. E claro que garantimos a nossa foto com ela! 😉

Manhattan Bridge

Endereço: Brooklyn Bridge, New York, NY 10038

No final do dia temos uma passadinha na loja da Apple para darmos uma olha nas novidades e de lá fomos até o Empire State Building para subirmos até o 86º e vermos a cidade iluminada a noite. O observatório que é um dos pontos turísticos mais famosos de Nova York e que ganhou notoriedade com a cena do filme King Kong, possui ainda um andar com uma exposição sobre a história do prédio.

Entrada do Empire State Building

Horários: Todos os dias das 8h às 2h

Ingressos:

Ingresso normal até o 86º andar:

Adulto – US$ 36,00

Criança – US$ 31,00

Idosos – US$ 35,00

Endereço: 20 W 34th St, New York, NY 10001

5º Dia

No nosso penúltimo dia na Big Apple fomos conhecer o Chelsea Market, um mercado gastronômico que fica no meio do Meatpacking District. Além disso, no local há lojas de decoração, de queijos, pães, vinhos, de roupa etc. É um passeio super agradável e que dá para fazer casado ao High Line, o jardim suspenso feito em uma antiga linha férrea, que fica próximo ao mercado. Infelizmente, no dia que fomos estava chovendo muito e não conseguimos conhecer o High Line.

Ingresso: Gratuito

Horários:

Segunda a Sábado – 7h às 2h

Domingo – 8h às 22h

Endereço: 759th Avenue (entre as ruas 15 e 16), Nova York

Depois fomos até o Oculus, a estação de trem mais cara do mundo e que fica ao lado do Grand Zero, que possui uma arquitetura incrível. Dá para perder um bom tempo admirando sua estrutura. Além da estação, o local abriga também um shopping com diversas lojas, inclusive uma Apple, H&M e Forever 21, e uma passagem de pedestres para o Financial District.

Estação Oculus

6º Dia

No último dia foi o dia de passear pelo Distrito Financeiro de Nova York e ver de perto o famoso Touro de Wall Street. De lá, caminhamos por todo centro financeiro admirando a arquitetura dos prédios e visitando algumas lojinhas do em torno.

Ingresso: Gratuito

Endereço: 1 Bowling Green, New York

Depois chegamos à Trinity Church, um marco histórico nacional do século XVII. Com sua arquitetura gótica ela se destaca dos demais prédios. Já no seu interior há uma charmosa e intimista capela. A igreja ganhou anda mais notoriedade depois de ter se tornado refúgio para as pessoas durante a queda da primeira torre do World Trade Center.

Trinity Church

Ingresso: Gratuito

Endereço: 1 Bowling Green, New York

De lá andamos mas um pouco e chegamos ao Grand Zero, área onde havia as torres gêmeas. É sem dúvida um local impactante e impossível não se lembrar do dia terrível que foi de 11 de setembro, mas também importante para refletirmos mais sobre a humanidade e a necessidade de sermos melhores.

No local onde ficada cada uma das torres está atualmente piscinas gigantescas que jorram águas incessantemente.

Ground Zero

Ingresso: Gratuito

Endereço: Liberty Street New York City NY 10006

E para fecharmos a nossa passagem por Nova York fomos nos despedir da Times Square e aproveitarmos para visitar lojas incônicas como a da Nintendo, Hershey´s, Lego e da FAO, aquela na qual serviu de cenário para a famosa cena do filme Quero Ser Grande, na qual Tom Hanks toca do “O Bife” no piano.

Despedindo de NY

Então, se animou para conhecer a Big Apple?

6 comentários sobre “O que fazer em Nova York em 06 dias – Roteiro Completo

  1. Olá… eu também não tinha a menor vontade de conhecer NYC quando meu marido foi sorteado para a maratona da cidade, uma das majors e aí, não teve jeito; lá fomos nós visitar Nova York. Também fui completamente seduzida. Ficamos 15 dias por lá e voltei apaixonada.

    Lendo o texto de vocês – e já li vários outros que falam sobre a cidade – o que mais me chama a atenção é que existe Nova York para todo gosto. Embora nosso roteiro tenha sido parecido em alguns pontos clássicos e inevitáveis da cidade como Brooklyn Bridge, Times Square, Central Park, MET (onde passei 8 horas seguidas) e Trinity Church, nós passamos por lugares e fizemos coisas bem diferentes na cidade.

    Acho que esta é uma das razões porque tanta gente adora esta cidade, não?! Quando fui, no belíssimo outono, peguei um frio,intenso, calor forte e até neve. A árvore de Natal do Rockeffeler estava sendo montada. 🙂 Espero um dia poder voltar para viver e conhecer ainda mais!

    Curtir

  2. Que viagem em Nov York maravilhosa. Eu nunca estive lá no inverno, o cenário pelas suas fotos é tão bonito. Também gosto de me hospedar em Midtown, não curto ficar dentro do burburinho da Times Square. O cupcake do Magnólia merece toda a fama. Fiquei com vontade de voltar a NY !

    Curtir

  3. Ótimo roteiro por Nova York! A cidade é fascinante mesmo, ainda mais nessa época do Natal, quando fica cheia dos mercados de Natal.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s