Parque Nacional de Caesarea: um bate-volta imperdível a partir de Tel Aviv

Um bate-volta possível a partir de Tel Aviv, em Israel, é o Parque Nacional de Caesarea ou Cesareia. Localizado a 56,1 km de Tel Aviv, o parque é um passeio ideal para os amantes de história, já que foi um porto importante para a cidade e também o local em que há vestígios da existência de Pôncio Pilatos.

HISTÓRIA: POR QUE CAESAREA É TÃO IMPORTANTE?

A Caesarea Marítima é uma antiga cidade portuária com mais de 2 mil anos, localizada na costa mediterrânica de Israel e entre Tel Aviv e Haifa. A cidade foi construída pelo rei Herodes em uma área de 370 hectares dada de presente de Augusto César, daí o nome do local.

A cidade continha, por exemplo, o palácio de Herodes com piscina, um aqueduto que supria a cidade com água potável e um sistema de drenagem por baixo da terra que levava o esgoto da cidade para o mar.

Estima-se que viveram por lá mais de 125 mil pessoas. Sim, o local tem ares faraônicos. Observando as ruínas já dá para ter noção da imensidão da construção. E por volta do ano 13 A.C., a cidade se tornou a capital civil e militar da Judeia e também a residência oficial dos procuradores e governantes romanos.

Parque Nacional de Caesarea

COMO CHEGAR?

É possível chegar ao Parque Nacional de Caesarea ou Cesareia de ônibus, táxi, carro alugado ou transfer. De ônibus, embora os preços das passagens sejam atraentes, não é a opção mais confortável, já que o trajeto leva em torno de 1h. Sem falar que você terá que esperar no ponto o horário de volta do ônibus para a Tel Aviv. Já ir de táxi ou carro alugado não é boa opção por conta do alto custo da cotação do Shekel. Além disso, caso do aluguel do carro você terá que ter a Permissão Internacional de Direção (PDI) e também terá que pagar o pedágio.

A melhor opção e que gerará menos dor de cabeça é ir com um tranfers. Nós, por exemplo, fomos até o parque com a Abraham Tours. A agência nos pegou no Abraham Hostel Tel Aviv, às 10h30min, em uma van climatiza e confortável, e nos deixou na porta do parque.

O melhor é que na parte da tarde, no horário combinado, a van já estava lá na entrada nos aguardando. A contratação do transfer custa R$ 95,33 por pessoa e pode ser comprado no site da própria Abraham Tours.

O QUE VER E FAZER NO PARQUE?

O parque é gigantesco. Você pode optar por conhecer ele todo, mas se prepare para andar muito e tenha tempo disponível ou escolher alguns dos 03 trechos. A trilha melhor leva de 1 a 2 horas e passa apenas por cinco pontos turísticos. A segunda visita nove pontos e leva de 2 a 3 horas e a última, que leva até 6 horas, passa por todos os 17 pontos do parque.

Nós fizemos a mais curta por causa do sol intenso do verão israelense e também porque tínhamos que voltar no horário marcado da nossa van. Assim que entramos no parque fomos direto ver o Teatro Romano que é imenso e tem uma acústica perfeita. Pelos seus arredores é possível ver também artefatos e estátuas de mais de dois mil anos.

Teatro Romano

De lá partimos para o Palácio dos Recifes, de onde já dá para se avistar o mar do mediterrâneo e depois para gigantesco hipódromo. Para ter ideia ele tem 250 metros de comprimento com 50 metros de largura, e com capacidade para até 10 mil expectadores. No local havia corridas de cavalo e shows romanos.

Hipódromo

Além disso, o visual para o mar é espetacular. Dá para perder um bom tempo ali admirando.

A terceira parada foi na área administrativa e comercial do parque nacional de caesarea. No qual eram erguidos cofres para armazenamento e um deles servia como santuário para o Rei Mitras.

No parque vimos ainda: as aéreas de banho do governador,  o aqueduto, a casa de banho do Rei Herodes etc.

INFRAESTRUTURA

Caesarea possui ainda uma ótima infraestrutura com banheiros, restaurantes, bebedouros, lojas de souvenir e um centro de visitantes, no qual é possível ter informações turísticas e também um pouco mais sobre a história do parque. Além disso, é possível assistir a um vídeo chamado “Time Trek” sobre a história do parque.

O QUE LEVAR?

  • Protetor solar
  • Chapéu ou boné
  • Óculos escuros
  • Tênis
  • Água e lanches
  • E muita disposição! 😉

Ingressos

Adultos: R$ 46,00

Jovens de 05 a 18 anos: R$ 24,00

*os ingressos podem ser comprados na hora na bilheteria ou pela internet no site do parque. Não achamos necessário comprar com antecedência, a não ser que você vá na lata temporada.

Horários:

Horário de Verão:

Sábado, Domingos e Quintas-feiras: das 8h às 17h

Sextas e vésperas de feriados: 8h às 16h

Horário de inverno:

Sábado e Quintas-feiras: das 8h às 16h

Sextas e vésperas de feriados: 8h às 15h

Véspera de ano e Páscoa: 8h às 13h

Yom Kipur: 8h às 13h

*Nos feriados e sábados é aconselhável chegar cedo, pois a entrada é por ordem de chegada!

Preparando a próxima viagem? Então, reserve aqui!

Quando você faz uma reserva com o link do nosso blog ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o Cariocas Pelo Mundo e a produzir cada vez mais materiais e dicas de viagens para vocês! Ah! E você NÃO paga ou é taxado a mais por isso. 😉

Para acompanhar nossas próximas viagens segue a gente

lá no Instagram @cariocaspelomundo_

*Passeio feito em parceria com a Abraham Tours.

8 comentários sobre “Parque Nacional de Caesarea: um bate-volta imperdível a partir de Tel Aviv

  1. Não tinha ouvido falar desse lugar. Quanta beleza e historia. Adorei as dicas e informações. Fiquei com muita vontade de conhecer.

    Curtir

  2. Não tinha ouvido falar desse lugar. Quanta beleza e historia. Adorei as dicas e informações. Fiquei com muita vontade de conhecer.

    Curtir

  3. Que lugar maravilhoso! Nao sabia da existencia desse parque !
    Quero muito fazer Israel ainda, com certeza esse vai pra minha lista de locais a serem visitados!
    Amei o post!

    Curtir

  4. Que lugar maravilhoso! Anotei a dica do transfer, acho muito válido em viagem internacional e especialmente para lugares mais distantes. Poupa tempo e a gente consegue curtir mais o passeio! 🙂

    Curtir

  5. Que demais esse parque, não conhecia nada sobre ele e achei mega interessante. Além de ter vistas lindas, conta um pouco da história e super fiquei imaginando as corridas que haviam por lá.

    Curtir

  6. Se eu te contar que estou planejando minha viagem para Israel! Adorei encontrar e ler seu post. Já vou anotar essa dica p colocar no meu roteiro.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s