Buenos Aires: Guia completo de 10 dias pela cidade

A primeira viagem internacional de 9 em cada 10 brasileiros, Buenos Aires é ideal para quem busca história, diversão e boa gastronomia. A cidade vai muito além do Caminito, tango e doce de leite. Há milhares de museus, praças, baladas, restaurantes, entre outros.

Para você não deixar de fazer os passeios clássicos, mas também experimentar coisas diferentes em terras portenhas, nós preparamos um guia completo com tudo sobre o que fazer em Buenos Aires! E como passamos também o Natal por lá, vamos contar como são as comemorações dos argentinos. Venha conosco e confira todas as dicas e muito mais!

Aqui nesse guia você vai encontrar:

Sobre Buenos Aires                 

Com título de maior cidade da Argentina e segunda maior em área metropolitana da América do Sul, perdendo apenas para São Paulo, Buenos Aires não faz parte da província de Buenos Aires. É na realidade um distrito autônomo depois de décadas de luta política por sua federalização.

Por possuir um estilo arquitetônico europeu e uma rica vida cultural, com a maior concentração de teatros no mundo, a cidade é chamada também de Paris da América do Sul. Além disso, os portenhos se orgulham das SUAS celebridades, como Evita Perón e o papa Francisco, o qual foi arcebispo de Buenos Aires.

O aristocrata espanhol Pedro de Mendoza foi o primeiro a chegar à cidade pelo Rio de La Plata e batiza o local de Real de Nuestra Señora Santa María del Buen Aire. Na castelanização o nome faz referência a Virgem de Bonária, ou seja, Virgem da Candelária. A cidade passou pela colonização espanhola, ataques das tropas britânicas, independência, o caudilho federalista de Juan Manuel Rosas, presidencialismo, ditadura militar, declínio e ensaio de recuperação econômica. Justamente por esses acontecimentos, é fácil entender o nacionalismo dos argentinos. Em todo prédio público e nas praças, facilmente você verá uma bandeira da Argentina.

Casa Rosada

Como chegar a Buenos Aires    

Há uma grande oferta de voos diretos e com escalas saindo do Brasil e com preços bem accessíveis em todas as épocas do ano. O que incentiva ainda mais os brasileiros conhecerem o país. Para ter ideia, só em 2018 Buenos Aires recebeu mais de 2,7 milhões de turistas internacionais. Destes, 770 mil eram brasileiros, segundo dados da Entidade de Turismo do Governo da Cidade de Buenos Aires.

Veja também: Promoções e BUGs: como encontrar passagens aéreas baratas

  • De avião: 

As empresas brasileiras de aviação são as que mais oferecem voos para Argentina, entre elas Latam, Gol e Aerolíneas Argentinas. Há ainda a opção de voar pela Qatar, Emirates, Turkish e Ethiopian, mas esses voos geralmente são mais caros. Além disso, a taxa de embarque para o país é bem cara e vale a pena ficar de olho em promoções de sites como Melhores Destinos e Passagens Imperdíveis.

Buenos Aires possui dois aeroportos o Ezeiza e o Aeroparque. Provavelmente, saindo do Brasil o seu desembarque será no Eiza que fica a 35km do centro.

  •  De carro: 

Para quem gosta de roadtrip e não liga de ficar horas na estrada, é possível chegar a Buenos Aires por Foz do Iguaçu pelas Rutas 12 e 14. É importante ainda que o carro esteja assegurado, pois é obrigatório.

  • De barco:

Já para quem está no Uruguai, em Montevideo ou Colonia del Sacramento, é possível chegar à cidade de barco em um trajeto rápido pelo Rio de La Plata. As companhias que fazem a travessia entre os dois países são a Buquebus e a Colonia Express. Os bilhetes podem ser comprados on-line nos respectivos sites das companhias.

QUANDO IR

É possível visitar Buenos Aires em qualquer época do ano. O que mudará será o clima, a paisagem e a preferência de cada viajante.

Verão (Dezembro a Fevereiro): o calor é intenso e as temperaturas podem chegar facilmente aos 30 graus. Contudo, os dias são bonitos e de céu azul.

Nós, por exemplo, fomos em agosto, em pleno verão, e sobrevivemos! Claro que pegamos dias de muito calor e sol quente! Mas, para alguns passeios foi ideal. Como no caso da Navegação pelo Rio de La Plata com open bar para assistir o pôr do sol.

Outono (Março a Maio): temperaturas amenas. A melhor época para andar pela cidade.  

Primavera (Setembro a Novembro): as temperaturas começam a esquentar, mas as ruas e as praças ficam lindas com as árvores floridas.

Inverno (Junho a Agosto): Pode fazer mais frio que o inverno brasileiro, mas não é congelante.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Brasileiros e cidadãos do Mercosul não precisam de visto para ficar em Buenos Aires em até 90 dias. É necessário apenas mostrar o passaporte ou carteira de identidade com data de expedição de no máximo 10 anos.

ATENÇÃO: Carteira de Motorista, Certidão de Nascimento, carteira da OAB ou militar não são documentos válidos para ingressar no país. Leve sempre a carteira de identidade ou o passaporte.

ONDE FICAR EM BUENOS         

Buenos Aires possui diversos bairros e cada um com uma característica diferente e interessante, como Recoleta, Puerto Madero, Microcentro e Palermo. ⠀

Como queríamos ficar em uma região bonita, segura, tranquila e também perto de atrações, como o Cemitério, a Floralis Genérica e o Centro Cultural Recoleta. Foi assim que escolhemos o CasaSur Recoleta Hotel para ficarmos nossa primeira semana na cidade. O hotel botique fica localizado no bairro de Recoleta, possui móveis clássicos, decoração clean, um atendimento impecável e a vantagem de disponibilizar de forma gratuita bicicletas para os hóspedes passearem pela cidade.

COMO SE LOCOMOVER             

A cidade possui diversas alternativas de transporte e para todos os bolsos. O ideal é sempre verificar qual melhor se adapta ao seu estilo de viagem. Agora se quer economizar, invista sempre no metrô e ônibus.

  • METRÔ:

Consideramos essa a melhor opção para se locomover por Buenos Aires por a forma mais rápida e barata de chegar aos pontos turísticos. Quase todas as estações são próximas ou a uma curta distância das principais atrações. Todas as estações são bem sinalizadas e possuem mapas com as linhas e suas interligações. O metrô funciona de segunda a sábado das 5h às 23h, sendo o encerramento da circulação dos trens de acordo com cada linha. Assim, como nos domingos e feriados que funciona das 8h às 22h. Atualmente, o cartão do metrô, chamado SUBE custa 90 pesos (R$ 6,16) e a passagem 19 pesos (R$ 1,30).

  • ÔNIBUS:

Também é outra forma econômica de andar pela cidade e que aceita também o cartão SUBE. Mas, ao subir no ônibus é preciso dizer ao motorista o seu destino final para que a cobrança da passagem seja feita conforme a distância.

  • TÁXI:

Há uma grande oferta de táxis em Buenos Aires e se no painel estiver a placa luminosa escrita LIBRE, você pode embarcar. Esse meio de locomoção é um pouco mais caro, mas segundo dica do pessoal da Aguiar Buenos Aires, você pode ter uma noção de quanto a corrida custará através do aplicativo BA TAXI. O sistema funciona similar ao do Uber.

  • UBER:

O serviço ainda não é legalizado em Buenos Aires e por isso, a oferta de veículos é menor. Pegamos algumas vezes sem problema e os motoristas chegavam em torno de 5 a 7 minutos. Uma curiosidade é que o app não mostra as placas dos veículos. Apenas os nomes dos motoristas e modelos dos carros.

Dica: sempre viaje no banco do carona. Mesmo se tiver com mais de uma pessoa, o ideal é sempre que um sente ao lado do motorista. Como o serviço ainda não é legalizado, as brigas com os taxistas são frequentes. Logo, é melhor evitar dor de cabeça.

  • BICICLETAS:

Essa é uma forma super agradável de se locomover pela cidade. Buenos Aires possui diversas ciclovias e o incentivo pela escolha deste meio de transporte é grande. É possível alugar bicicletas do itaú, por exemplo, igual ao que acontece aqui no Brasil. Além disso, alguns hotéis disponibilizam também esta opção para os hóspedes de forma gratuita, como é o caso do CasaSur Recoleta Hotel.

SEGURANÇA

Pode-se dizer que Buenos Aires é uma cidade segurança. Diferente de grandes metrópoles como Rio de Janeiro e São Paulo, assaltos a mão armada e tiroteios são raros na cidade. Andamos tarde da noite no metrô, por exemplo, e nos sentimos seguros.

O que há são furtos. Logo, é preciso sempre ter atenção com os pertences e documentos. Andar sempre com a mochila para frente no centro ou em lugares com grande concentração de pessoas é o ideal. E nada de colocar celulares e documentos no bolso de trás da calça.

Andamos pela cidade com nossas máquinas fotográficas na mochila e celulares e não tivemos problemas. Mas, sempre atentos! Vimos ainda boa quantidade de policiais circulando pelas ruas, principalmente no Centro. Até mesmo nos feriados quando o comércio fecha e as ruas ficam mais ermas.

CÂMBIO

O câmbio está muito favorável para viajar para a Argentina. Atualmente, está 1 peso para 58 dólares e 1 peso para 14/15 reais (valores referentes aos meses de dez/jan).

O ideal é assim que você chegar no aeroporto trocar apenas um pouco de dinheiro para chegar ao centro da cidade ou ao seu hotel e depois sim trocar o restante do dinheiro. Nós fizemos câmbio duas vezes. Uma no bairro de Recoleta e outra na Tango Express na Calle Florida.

ATENÇÃO: nunca troque o dinheiro com as pessoas que ficam gritando na rua “câmbio!”. Provavelmente você pode virar uma vítima de golpe e/ou notas falsas. Prefira sempre as agências de câmbio legalizadas ou o banco.

INTERNET

  • WI-FI: em algumas estações de metrô, praças e próximo ao Obelisco é possível encontrar o Wi-Fi gratuito do governo, chamado BA Wi-Fi. Ele quebra um galho no sufoco, mas não é tão eficiente assim. A conexão é muito instável.
  • CHIP INTERNACIONAL DE CELULAR: nós utilizamos os chips internacionais da Easysim4U. A conexão nos atendeu tanto para a consulta de mapas, informações e, principalmente Whatapp. Uma vantagem é justamente poder colocar o chip internacional e não perder a sua lista de contatos no Whatsapp. Outra vantagem do chip da Easysim4U é que você já chega em Buenos Aires conectado. É só programar para que o seu chip esteja habilitado no seu primeiro dia na cidade.

NOSSO ROTEIRO DE 10 DIAS EM BUENOS AIRES

Abaixo segue detalhado o nosso roteiro pela cidade incluindo os custos que tivemos por dia. Lembrando que como fomos no feriado do Natal, nos dias 24 e 25 de dezembro muitas atrações estavam fechadas. Resolvemos, então, aproveitar para fazer o câmbio, entender como funcionava o metrô, fazer comprinhas no mercado etc. Esperamos que esse roteiro ajude você que está pensando em ir a Buenos Aires.

DIA 1 (23/12) – CHEGADA

  • Táxi do aeroporto ao hotel – R$ 100,00
  • Hotel no bairro de Recoleta para pernoite – R$ 124,00

DIA 2 (24/12)

  • Café da manhã (02 medialunas com queijo e presunto + 1 coca-cola) – R$ 14,99
  • Supermercado (compras de aperitivos, biscoitos, água e espumante etc) – R$ 115,51
  • Ida para o nosso hotel oficial em Recoleta, CasaSur
  • Metrô (bilhete + recarga) – R$ 13,10
  • Plaza Intendente Seeber
  • Obelisco
  • Jantar (2 Pedações de Pizza + 1 batata frita + 1 coca-cola + 2 chopps) – R$ 39,31

DIA 3 (25/12)

  • Missa na Igreja Nuestra Señora de Guadalupe;
  • Plaza de Mayo
  • Casa Rosada
  • Banco de la Nacion
  • Catedral Metropolitana
  • Cabildo
  • Passeio por Puerto Madero
  • Jantar (2 hambúrgures + 2 refris + batata frita) – R$ 99,97
Recoleta
Casa Rosada

DIA 4 (26/12)

  • Metrô até a estação Constitucion (2 passagens) – R$ 2,60
  • Uber até a entrada do Caminito – R$ 8,43
  • Passeio pelo Caminito
  • Lanche (empanada + cerveja) no Caminito – R$ 17,96
  • Souvenirs – R$ 30,53
  • Tour guiado no La Bombonera + Museu de la Passion Boquense (ingresso Vip + corta-fila) para 2 pessoas – R$ 117,00
  • Uber de volta até a estação de metrô Constitucion – R$ 10,19
  • Lanche (6 empanadas) – R$ 14,26
  • Selfie Tour (tour noturno pelos pontos turísticos da cidade + fotos profissionais) – obs: fizemos o passeio em parceria com a Aguiar Buenos Aires, mas o valor do tour por pessoa é R$ 175,00
  • Jantar na Pizzaria Banchero (04 fatias de pizzas + 01 refigerante + 1 chopp) – R$ 30,52
Caminito

DIA 5 (27/12)

  • Uber até o ponto de partida do Tour Gastronômico – R$ 8,45
  • Uber até o Jardim Japonês – R$ 13,53
  • Jardim Japonês (2 ingressos) – R$ 20,00
  • Uber até o hotel – R$ 9,47
  • Lanche (água + batata frita)- R$ 8,79
Jardim Japonês

DIA 6 (28/12)

  • Café da manhã no hotel
  • Floralis Genérica
  • Museu Nacional de Belas Artes (ingresso para 02 pessoas) – R$ 27,06
  • Centro Cultural Recoleta
MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES
FLORALIS GENÉRICA

DIA 7 (29/12)

  • Café da manhã no hotel
  • Metrô até San Telmo – R$ 6,76
  • Feira de San Telmo
  • Almoço (empanadas + 02 refrigerantes) no Mercado de San Telmo – R$ 25,70
  • Café Tortoni (churros com chocolate + doce de leite extra + 1 limonada) – R$ 37,20
  • Sorvete (02 unidades) – R$ 19,62
  • Lanche (1 sanduíche de choripan + 1 refrigerante + 1 sobremesa) – R$ 28,07
  • Uber de volta para o hotel – R$ 13,77

Do dia 30/12 ao dia 02/01 nós fizemos um bate-volta para a cidade de Rosário para conhecer não só mais uma cidade argentina como também para aprender mais sobre o dia a dia dos porteños e a história do país.

Leia Mais: Shows de Tango em Buenos Aires: opções de todos os tipos

DIA 8 (02/01)

  • Metrô até a Calle Florida – R$ 2,60
  • Caminhada pela Calle Florida
  • Casquinha do MC Donalds com doce de leite argentino ( 02 unidades) – R$ 6,78
  • Galerias Pacífico
  • Teatro Colón
  • Mirante do Obelisco
  • Compras de vinhos – R$ 53,00
  • Jantar (Massa + refrigerante) no Airbnb – R$ 29,29

DIA 9 (03/01)

  • EcoParque
  • Rosedal
  • Lanche (empanadas) – R$ 14,26
  • Lembrancinhas – R$ 48,12
  • Jantar (Massa + refrigerante) no Airbnb

DIA 10 (04/01)

  • Ônibus para o aeroporto (02 pessoas) – R$ 67,49

TOTAL DE GASTOS (PASSAGENS AÉREAS + HOSPEDAGENS+ CUSTOS DIÁRIOS): Cerca de R$ 4 mil

O QUE COMER EM BUENOS AIRES

  • Choripan (sanduíche tradicional de pão com linguiça)
  • Sorvete de doce de leite
  • Carnes (Ancho e Chorizo)
  • Alfajor
  • Doce de Leite
  • Empanadas
  • Vinhos
  • Medialunas
  • Café
  • Churros

COMPRAS

Não somos muito consumistas e quando viajamos compramos pouco, no máximo lembrancinhas para a família e os imãs para nossa coleção. Mas, se você está de olho nas compras, já que o câmbio é favorável, uma boa opção é ir na Calle Florida. Nesta rua há um grande número de lojas de departamento, entre outras.

Agora para comprar vinhos e doce de leite, sugerimos ir ao supermercado, pois os preços são bem mais em conta do que as lojas perto dos pontos turísticos e a qualidade é similar ou até em algumas vezes melhor.

Preparando a próxima viagem? Então, reserve aqui!

Quando você faz uma reserva com o link do nosso blog ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o Cariocas Pelo Mundo e a produzir cada vez mais materiais e dicas de viagens para vocês! Ah! E você NÃO PAGA OU É TAXADO A MAIS POR ISSO. 😉

Para acompanhar nossas próximas viagens segue a gente

lá no Instagram @cariocaspelomundo_

10 comentários sobre “Buenos Aires: Guia completo de 10 dias pela cidade

  1. Nossa deu uma saudades de Buenos Aires com esse roteiro!
    A Primeira vez que fui andei de transporte público e o metrô é mesmo ótimo! A segunda eu já estava com meu marido e acabamos alugando carro. De carro dá pra ir em outros lugares e mais rápido, mas realmente não precisa.

    Curtir

  2. Amei que o post está completíssimo, estou planejando ir para lá também e vai me ajudar muito. Adorei que você colocou os preços no post, ajuda muito para planejar a viagem!

    Curtir

  3. Estou querendo muito voltar a Buenos Aires e espero que seja em breve. Suas dicas vão me ajudar muito no planejamento do meu roteiro. Adorei

    Curtir

  4. Caraca, você ficou muitos dias, deu pra fazer tudo tranquilamente e ver bastante coisas. Gostei muito do teu roteiro em Buenos Aires e da dica do hotel, porque quando fui fiquei em um que não me agradou tanto.

    Curtir

  5. Ahhh Buenos Aires é mesmo uma delícia de cidade! Deu até saudades! Com esse roteiro deu pra ver tudo e com calma, sem correria! Muito bom!

    Curtir

  6. Ahhh Buenos Aires é mesmo uma delícia de cidade! Deu até saudades! Com esse roteiro deu pra ver tudo e com calma, sem correria! Muito bom!

    Curtir

Deixe uma resposta para Ciao Dora Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s