10 destinos brasileiros para viajar pós-quarentena

A pergunta que não quer calar é: quando voltaremos a viajar? Não é mesmo? Provavelmente, isso ainda levará um tempo e essa retomada do turismo de fato deve acontecer apenas no próximo ano. Mas, enquanto isso não podemos parar de sonhar com novas viagens e, principalmente, de planejar para quando chegar o grande o momento.

Como, então, escolher o destino ideal e que caiba no bolso? Com o dólar e o euro nas alturas o melhor é focar nos destinos brasileiros para viajar pós-quarentena e, principalmente, que não tenham aglomerações e ambientes fechados. E há opções para todos os gostos: ecoturismo, cidade, praia, montanha, entre outros.

Para ajudar você a escolher este próximo destino, separamos uma lista de 10 destinos brasileiros para você viajar pós-quarentena.

  1. MONTE VERDE (MINAS GERAIS)

Para quem ama friozinho e natureza, Monte Verde, no sul de Minas Gerais, é o destino ideal. A cidade possui um clima de ameno a frio (em média 22ºC), já que está localizada a mais de 1.500 metros de altitude, e uma série de trilhas, como a da Pedra Redonda, Pedra Partida, Platô e Chapéu do Bispo.

Há trilhas de todos os níveis, do fácil ao difícil, que ficam dentro da Serra da Mantiqueira. Então, não há desculpa para não aproveitar a natureza e o visual. Agora, se você curte uma adrenalina, há a opção também de fazer arvorismo, quadriciclo, tirolesa etc.

E, claro, não pode deixar e fora do roteiro os passeios gastronômicos nas fábricas de chocolate Gressoney e Sabor Chocolate, na Cervejaria Fritz e experimentar o founde e o apfelstrudel.

Quando ir: o ano todo

Verão: época chuvosa com temperatura média de 24ºC.

Outono e Inverno: época seca com temperatura entre 11ºC e 20ºC.

2. JALAPÃO (TOCANTINS)

O Jalapão, que fica localizado no estado do Tocantins, se tornou um destino ainda mais ideal para se conhecer após a pandemia justamente por suas belezas naturais e por permitir que os viajantes estejam em lugares abertos e sem grandes aglomerações.

Por lá é possível ver e aproveitar fervedouros, chapadões, serras, cachoeiras e rios, clima, dunas douradas, praia de água doce, paisagem do cerrado e muito mais. Além é claro, de atividades mais radicais para os aventureiros, como rapel, rafiting, canoagem, trilhas etc. Alguns dos pontos imperdíveis são: o Parque Estadual do Jalapão, as cachoeiras da Velha e da Formiga e os fervedouros.

Para circular pelo Jalapão, o mais recomendado é ir com um guia experiente e um carro 4×4, pois o caminho é difícil em alguns trechos. Outro atrativo é o artesanato (bolsas, chapéus, itens de decoração etc) feitos de capim dourado, vegetação típica da região, pelos moradores.

Quando ir: temporada seca (maio a setembro), em especial o período de maio a julho devido à umidade do ar.

3. BONITO (MATO GROSSO)

Sem dúvida um dos principais destinos de ecoturismo do país, Bonito não poderia ficar de fora da nossa lista. Localizada em Mato Grosso, a cidade é muito tranquila e possui uma rica vida marinha, de animais silvestres e aves.

Há atividades e passeios para todas as idades, mas sempre acompanhados de um guia turístico local. O motivo: não só orientar os viajantes como também ajudar na preservação ambiental. O destino se torna perfeito para viajar pós-quarentena por ser, em sua maioria, um local aberto e também devido os passeios possuírem dia e hora marcados, limitando assim o número de visitantes. O que em tempos de pós-pandemia é ideal!

Uma vez lá, você não pode deixar de visitar a Gruta do Lago Azul, a flutuação no Rio Sucuri e Rio da Prata, a Cachoeira Boca da Onça

Quando ir: período chuvoso (dezembro a março)

4. VISCONDE DE MAUÁ (RIO DE JANEIRO)

Para quem curte sossego, não pode deixar de ir para Visconde de Mauá, no muncípio de Resende (RJ). A cidade é super pacata, tem clima ameno e ótima culinária. Um ótimo destino para uma viagem a dois.

Passear pelo centro, tomar um chocolate quente e conhecer o artesanato local são boas opções de passeio. Além disso, a cidade possui também trilhas, cachoeiras, opções de passeios a cavalo, rapel, boia cross, montanhismo e muito mais.

Quando ir: qualquer época do ano. No verão dá para aproveitar as cachoeiras e os passeios ao ar livre. Já no inverno, a gastronomia e o clima de montanhismo.

5. PORTO DE GALINHAS (RECIFE)

Além de ser um destino de baixo custo, Porto de Galinhas, no Recife, possui praias com águas quentes, calmas e transparentes.

Fazer um passeio de bugge (privativo. Lembre-se que teremos que nos adaptar ao novo normal) pelas principais praias da região, como Maracaípe, Muro Alto e Cupe não pode faltar.

O melhor de Porto de Galinhas é que dá ainda para incluir alguns passeios bate-volta, como até a Praia de Carneiros. Esta é imperdível devido a sua areia branquinha, os coqueiros na orla e, claro, a famosa igrejinha na areia. A praia tem um mar muito calmo e é tranquila. Ideal para relaxar e também aproveitar a dois ou com a família.

Confira também: Roteiro de 03 Dias em Porto de Galinhas

Quando ir: setembro a março (temporada seca). Nesta época chove menos e assim a água do mar fica mais clara. A temperatura fica na média dos 26ºC.

6. SALVADOR (BAHIA)

Com uma união de praias, boa culinária e cultura marcante, Salvador também se destaca na lista dos destinos nacionais para viajar pós-pandemia. Além da famosa Praia do Forte, aproveite também para fazer um passeio de barco pela Baía de Todos-os –Santos e ilhas do Frade e Itaparica. Dê preferência aos passeios privativos ou com número reduzido de passageiros. Afinal, o distanciamento social ainda será importante e fará parte da nossa rotina ainda por um bom tempo.

Para aproveitar o lado histórico da cidade (com mais segurança), o ideal é contratar um city tour. Vale à pena também se afastar do centro e conhecer os bairros de Itapuã, Stella Maris e Flamengo que são mais afastados da área turística e possuem praias com águas limpas e com infraestrutura.

E não vá embora de Salvador sem fazer um circuito gastronômico pela culinária local, como acarajé,  a moqueca, o vatapá, o caruru, o mungunzá, as tapiocas etc.

Quando ir: setembro a dezembro (temporada seca e com altas temperaturas).

7. PEDRA AZUL (ESPÍRITO SANTO)

Localizado no município de Domingos Martins, no Espírito Santo, está o Parque Estadual da Pedra Azul. O local reúne diversas trilhas, piscinas naturais e possibilidade de cavalgadas ecológica na Fjordland .

É possível ainda fazer as trilhas de quadriciclos e bicicletas.Para os que gostam de adrenalina, há a opção de fazer tirolesa e até mesmo arvorismo.

Mas, calma que há também alternativas para quem curte mais o slow travel, como visita a Cervejaria Altezza, ao Orquidário Caliman, colher morangos do pé no estilo “colhe-pague” no Sítio Herança Agroturismo e conhecer e provar os milhares de outros produtos locais, como queijos, café, entre outros. Além, de passear pelo centro histórico e também visitar o Museu Histórico de Domingos Martins.

Quando ir: maio a setembro, já que neste período a probabilidade de chuvas é menor.

8. BROTAS (SÃO PAULO)

Considerada a capital do turismo de aventura, Brotas que fica no interior de São Paulo é um destino perfeito para se divertir e ter contato com a natureza. Por lá a palavra de ordem é se jogar nas atividades, como tirolesa, rapel, boia cross, rafiting, stand-up paddle etc. E claro, aproveitar também as cachoeiras, o Eco Parque Recanto das Cachoeiras e o Parque dos Saltos que tem um atrativo a mais: é gratuito.

O destino é ideal para família, amigos e até mesmo casais que curtem fazer algo diferente. Mas, a cidade não vive só de adrenalina. Outro passeio interessante por lá é visitar as cachaçarias e a cervejaria HZB.

Quando ir: Outubro, pois a incidência de chuva é menor e a temperatura pode chegar aos 30ªC.

9. PARATY (RIO DE JANEIRO)

Histórica, charmosa e com uma culinária nota MIL. Assim é Paraty que fica a 258 quilômetros do Rio de Janeiro e encanta com sua vibe de cidade do interior.

Um dos principais atrativos são suas praias. Para conhecê-las o ideal é fazer um passeio de barco que, geralmente, leva o dia inteiro e faz várias paradas, como na Praia da Ilha Comprida, Saco do Mamanguá, Praia Vermelha, entre outras. É só escolher o itinerário e aproveitar. Para ter ideia, são mais de 120 opções, entre praias e ilhas.

Veja aqui também: Roteiro completo de 02 dias em Paraty

Claro, que você não pode deixar de andar pelo centro e conhecer um pouco mais da história da cidade. Para entender sua importância e saber detalhes que muita das vezes ficam escondidos na arquitetura dos prédios tombados, o ideal é fazer um Free Walking Tour. E também visitar o Museu Forte Defensor Perpétuo. A vista de lá é bonita e ainda dá para descansar no paredão de pedra, admirando o vaivém dos barcos.

Quando ir: novembro a março (temporada quando há menos incidência de chuvas).

10. MARAGOGI (ALAGOAS)

Mais conhecida como Caribe Brasileiro, Maragogi é um daqueles destinos BBB (Bom, Bonito e Barato). O grande atrativo por lá, claro, são as praias de areias claras e fininhas e um mar de verde intenso com águas morninhas. Uma das vantagens que o acesso das principais praias é gratuitos e muitas contam com infraestrutura e bons restaurantes, como a Praia do Antunes, Praia do Burgalhau e Ponta do Mangue.

Um passeio imperdível por lá é conhecer as Galés de Maragogi que reúne piscinas naturais, ideias para a prática de snorkelling. Mas para conseguir ver as piscinas mais claramente, é importante consultar a Tábua das Marés. O ideal é quando a maré baixa está entre 0.0 e 0.6, pois os barcos conseguem acessar as piscinas naturais.

Para os que querem conhecer várias praias em um só dia, o mais indicado é fazer o passeio de buggy que pode ser divido para o litoral sul e para o litoral norte. A culinária local é outro atrativo. As delícias são inúmeras, como caldinho de peixe, carne de sol, bala de goma, frutos do mar, entre outros.

Confira aqui: 05 Melhores praias de Maragogi

Quando ir: outubro e janeiro (temporada seca).

Agora é só escolher um destino e começar a planejar sua próxima viagem! 😉

Preparando a próxima viagem?

Então, reserve aqui!

Quando você faz uma reserva com o link do nosso blog ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda a manter o Cariocas Pelo Mundo e a produzir cada vez mais materiais e dicas de viagens para vocês! Ah! E você NÃO PAGA OU É TAXADO A MAIS POR ISSO. 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s